Uma Brasileira na Europa

sexta-feira, julho 17, 2015





Olá! Se você já me acompanha há um tempo ou já deu uma olhada nas minha redes sociais, sabe que eu já fui pra Europa. Como em todo lugar novo que conhecemos, lá pude notar várias diferenças dos nossos costumes brasileiros e principalmente do que temos em mente quando falamos de lá. Por isso decidi fazer esse post, e espero que goste.






As pessoas são, sim, muito educadas. 


Quem nunca ouviu dizerem que na Europa encontraríamos as pessoas mais educadas que já conhecemos? Apesar da hipérbole, os europeus são extremamente educados. Para ter noção, na Inglaterra para qualquer coisinha a palavra que já sai da boca é "Sorry". Um pedido de desculpas por cosias que brasileiros provavelmente considerariam banais. Por exemplo, se você está no mercado e vai pegar uma cesta para fazer suas compras e outra pessoa estiver pegando uma ao mesmo tempo, ela provavelmente ao ver você fazendo a mesma coisa, falará "Sorry". Tudo bem que para toda regra há uma exceção, então talvez você não encontre alguém assim. Agora, eu posso te afirmar com 100% de certeza que o, 'sorry', é pra tudo.







Os europeus não são "amorosos".

Os brasileiros tem uma coisa muito admirável, somos todos simpáticos e calorosos. Por mais emburrado que você seja, é o jeito brasileiro de ser que está na sua alma. Os europeus tendem a evitar contato físico, enquanto nós já chegamos cumprimentado com aqueles beijinhos no rosto e um abraço. Lá você dá um aperto de mão e olhe lá... É importante conseguir primeiro a confiança e simpatia do europeu, caso contrário melhor deixar pra lá!







Eles não tem nada contra os brasileiros


Claro que sempre tem um ou outro que não gosta, mas na maioria das vezes que comentei com alguém que eu era brasileira, a pessoa ficou super entusiasmada e citou várias coisas que sabia sobre o Brasil. Quando viajei já tinha ouvido muita gente falar que ninguém lá gostava de brasileiros, mas pude perceber que é exatamente o contrário. Acredite se quiser, mas não estamos com uma imagem tão ruim assim!






Eles acham tudo o máximo. 


Pode ser que seja só eu que tenha percebido, mas os europeus fazem de tudo uma grande coisa. Se preparam todos apenas para ir à farmácia. Nada contra, claro, eu acho até super divertido! Inclusive, quando voltei pro Brasil estava nesse clima de entusiasmo e ansiedade pelas mínimas coisas! 







Não são tão consumistas quanto parecem



Pelo o que percebi, principalmente na Inglaterra, os europeus valorizam bastante a qualidade de um produto e não quantidade. De forma geral, muitos brasileiros gostam da variedade de opções, quantidade de coisas novas e o consumismo imposto sem que percebamos. Já os europeus preferem ter um produto bom, mesmo que caro, do que vários, mesmo que de qualidade média e não totalmente inferior. Não que as coisas sejam baratas por lá, mas acho muito interessante essa visão promissora das coisas. O que, claro, não os impede de comprar vários produtos bons! Hahaha.



Eu não trocaria a comida brasileira pela deles

No início é até legal se divertir com muita batata frita na Inglaterra ou muito fast food na França, mas, por experiência própria, te digo que enjoa! Pois é, também achei que fosse impossível. Como fiquei um bom tempo lá, e pude provar diversos pratos e opções de cardápio, percebi que é muito difícil viver sem o nosso tipo de arroz e feijão! Eles comem muita massa e comidas gordurosas, certamente por causa do frio, e quando existe arroz e feijão no prato, simplesmente não combinam! Pois é, pense duas vezes antes de reclamar da comida brasileira! Estamos muito bem, viu?


Bem, acho que de primeira vista é basicamente isso! Se vocês gostaram eu posso fazer um "Uma Brasileira na Europa 2" haha! Espero que tenham gostado! Mil beijos. 

Você tamém pode gostar

0 comentários