Minha experiência gravando em um estúdio profissional

quinta-feira, novembro 06, 2014



Olá!
Passei um bom tempo pensando o que eu poderia escrever aqui no blog hoje. Lembrei que quando eu fui gravar uma música (um cover) em um estúdio profissional pela primeira vez, pesquisei um pouco antes para ter uma ideia de como funcionava. Então, por que não compartilhar com vocês a minha experiência?

Para quem não sabe, eu tenho um canal de covers, e para adquirir uma experiência e trazer um ar profissional para as músicas, decidi que estava na hora de fazer uma gravação em um estúdio. Procurei um perto da minha casa e agendei. Em média, o mínimo para uma boa gravação é duas horas. Assim dá tempo de regravar qualquer parte que precise, e o produtor musical pode fazer as suas obras tecnológicas no áudio, a edição. Como na minha gravação eu optei pelo estilo acústico, tocando piano, não precisei de muito tempo para gravar o fundo musical, que serviria como "playback" para que eu pudesse cantar depois. Feito isso, gravei a música inteira duas vezes, para que depois pudéssemos escolher qual ficou melhor. Optei também por gravar o instrumento separado da voz. No caso eu toquei e cantei normalmente, porém apenas o som do teclado foi captado na gravação. Mas não se preocupe, existe também a opção de gravar a voz e o instrumento ao mesmo tempo!

Uma dica que eu dou é deixar tudo muito bem ensaiado antes de ir gravar! Cada segundo é precioso, porque é mais tempo que sobra para editar os efeitos do áudio, que, particularmente, fazem toda a diferença! Nada como uma música com sons extras, ecos, e outros meios de edição que deixam a sua voz mais conectada com o estilo da canção gravada.

Falando de preço tudo o que tenho a dizer é: Varia muito!
As sessões em estúdios, em praticamente 99,9999999% das vezes, são cobradas por hora. Ou seja, você agenda 1h e paga X$. E assim vai, quanto mais horas, mais caro. Acontece que você vai encontrar estúdios mais baratos que outros, porém a qualidade dos programas e aparelhos usados pode não ser muito boa. Nessas horas você precisa pesar na balança o quanto vale a pena investir. Em um estúdio mais barato e ter ao menos a experiência, em um estúdio médio, para quem já que um ar mais profissional ou um estúdio caro, para trabalhos já monetizados que requerem o nível máximo de profissionalismo.
Vou deixar aqui o link de dois vídeos: o da música gravada (o resultado final) e o dos bastidores dentro da cabine de gravação.

É basicamente isso pessoal, é bem legal e eu achei que valeu muito a pena! É uma experiência bem divertida e interessante. Espero que tenham gostado! Beijos e até a próxima.




Você tamém pode gostar

1 comentários

  1. nossa eu demais flor, oportunidade maravilhosa, parabéns! Te convido a conhecer o meu blog. Se gostar me dá uma forcinha seguindo, ctz retribuirei o carinho! Tem um post de duas paletas Fenzza que se completam, vem ver!
    www.makeolatras.blogspot.com.br
    Bjsss =]

    ResponderExcluir